Tratamentos que priorizam a estética sem esquecer da função.

Clareamento Dental (Placas e/ou Laser)

clareamento

Clareamento Caseiro com moldeira

Uma moldeira de silicone será feita a partir dos seus dentes. Coloca-se um gel clareador dentro dessa moldeira (conforme instrução) e o paciente usa diariamente por 1 hora e meia, pelo período determinado pelo dentista.
Muitos pacientes usam suas moldeiras antes de dormir. Mas há casos em que isso não é aconselhado.
Uma mudança significativa no clareamento é percebida já nos primeiros dias, dependendo do caso. Esse tratamento é realizado em casa sob supervisão criteriosa do dentista .

Clareamento a Laser

 A realização do clareamento é feita no próprio consultório onde são usados géis clareadores especiais os quais são ativados pela luz laser. Cada sessão dura em torno de 30 minutos . E o número de sessões dependerá de cada caso.Em alguns casos para um resultado mais eficiente é necessário mesclar o clareamento no consultório (laser) com o feito com as moldeiras em casa.

Logo na pimeira sessão o paciente já consegue perceber a melhora da cor!

DÚVIDAS FREQUENTES:

-  O agente clareador penetra no esmalte e na dentina e libera oxigênio, que “quebra” as moléculas dos pigmentos causadores das manchas escuras.

- O Clareamento Dental pode provocar alguma sensibilidade nos dentes durante o tratamento. Porém esta sensibilidade é reversível com o final do tratamento. Para minimizar o problema podem ser indicados bochechos com soluções fluoretadas.

- Restaurações e próteses não clareiam. O tratamento só clareia o esmalte dos dentes.

- Dentes clareados voltam a escurecer, mas não como antes. Hábitos alimentares e o fumo contribuem para esse escurecimento. Nestes casos, pode ser feita a manutenção com apenas uma sessão de retoque.

**Neste período do processo de clareamento o paciente deve evitar alimentos (liquidos e sólidos) muito pigmentantes como : café puro, suco de uva, vinho tinto, coca cola, beterraba.

*** Nunca faça o clareamento sem o acompanhamento do dentista pois se vc usar de forma errada (modo de colocação do gel e quantidade) vc pode sensibilizar sua gengiva bem como “passar” do tom e isso pode lhe causar efeitos indesejáveis.

Facetas de Porcelana (apenas um dente)

Muitas vezes o paciente não está satisfeito apenas com um de seus dentes da frente ou porque ele é de outra cor, motivo este que pode ser devido a um tratamento de canal pregresso, de várias restaurações feitas ao longo dos anos ou de uma fratura ou trinca que com o passar do tempo foi pigmentando; ou porque seu formato é diferente dos demais. Para solucionar o problema e harmonizar o sorriso, nesta paciente, fizemos a remoção da resina antiga a qual o dente havia sido restaurado, moldamos e encaminhamos ao técnico responsável. O mesmo confeccionou uma lâmina de porcelana, imitando uma “unha postiça”com a cor e características do dente vizinho. A fim de reestabelecer a naturalidade e a estética até então perdidas. Em aproximadamente 15 dias a paciente já estava com seu novo dente cimentado sobre seu dente natural, com total segurança, estética e função.

FACETA3

Facetas em Porcelana

Caso onde o paciente terminou o tratamento ortodôntico mas ficou com espaços entre eles pois seus dentes eram muito pequenos.  chamamos isso de diastema e conseguimos resolver cobrindo os dentes com lâminas de porcelana.

FACETASMULTIPLAS 3

Outra situação muito comum são pacientes com dentes desgastados pelo Bruxismo e através da colocação  de lentes de porcelana conseguimos transformar um sorriso “tímido” e envelhecido, num sorriso jovem, iluminado e proporcionalmente estético.

FACETAS_desgaste

Facetas em Resina

Esta é uma opção para quando se quer melhorar o contorno-formato e a cor dos dentes por um custo mais acessível.

O resultado é bastante satisfatório, no entanto , com o passar do tempo, e dependendo dos hábitos de higiene e alimentares do paciente, é imprescindível se fazer retoques com alguma frequência. Por mais estética (ótima qualidade) que a resina seja, com o passar do tempo ela começará a pigmentar , desgastar, o que tornará necessário estes retoques e ou até mesmo refazê-las.

Este procedimento é feito numa única sessão e o paciente já sai do consultório com um NOVO SORRISO.

Como manutenção, o paciente deve estar ciente da necessidade de fazer as revisões periódicas semestrais onde a profilaxia é um requisito essencial para manter a saúde do dente e da gengiva e a longevidade do trabalho.

FACETA4

Lentes de Contato de Porcelana

Hoje, tem se usado bastante o termo Lentes de Contato. Na verdade estas são uma evolução das Facetas de Porcelana. Caracterizam-se por ter a mesma composição que as facetas, porém com uma espessura tão ínfima, que realmente parecem uma lente de contato. Sua indicação é bastante restrita. Se enquadra naqueles casos onde os dentes encontram-se com uma cor satisfatória, porém o descontentamento está no formato e no posicionamento dos dentes. Inicia-se com um planejamento feito num modelo de estudo, onde paciente e dentista juntos chegam num consenso de como deve ser o resultado final. O procedimento consiste em fazer pouco ou nenhum desgaste em esmalte e em seguida uma moldagem que será levada ao técnico responsável e capacitado a construir o novo design do sorriso. Passado alguns dias é feito a prova das Lentes e se ficarem de acordo com as expectativas do paciente elas já serão cimentadas e incorporadas aos dentes do paciente. Não existe nenhuma recomendação diferente feita ao paciente, senão as de rotina, onde o paciente deve sempre fazer uso do fio dental, deve vir às consultas periódicas onde serão feitas a profilaxia(limpeza)e revisões individualizadas de cada lente e provável polimento das mesmas.

Casos explícitos onde o resultado foi tão natural que não se consegue identificar onde foram colocadas as Lentes de Porcelana.
Isso e o que se espera de um tratamento estético: que o resultado seja espetacular. Mas dentro de uma total naturalidade. Onde somente o paciente e o dentista sabem o q foi realizado! Dos outros, o que se espera de “comentários” é apenas a confirmação de que o sorriso esta lindo, mas sem identificar o que exatamente foi feito.
Isso é o segredo de um ótimo tratamento estético: Beleza Natural!

lentes2

Plástica Gengival

Hoje em dia, os tratamentos estão cada vez menos invasivos e com resultados quase que imediatos.

A plástica gengival auxilia em muito na simetria do sorriso. As vezes, ela por si só já alinha o sorriso, e muitas vezes ela é realizada inicialmente ao tratamento restaurador, seja ele com resina ou com porcelana.

Neste caso a paciente tinha excesso de gengiva sobre os dentes. Onde ao dar um sorriso o que mais se evidenciava era a gengiva e os dentes pareciam menores do que de fato eram. Isso foi decorrente de um tratamento ortodôntico (isso ocorre em muitos casos).

Realizamos a remoção da gengiva que estava crescida sobre os dentes com o auxílio de um cauterizador.

Procedimento este que necessita apenas de uma anestesia local e no máximo em 40 minutos a paciente já ganha um sorriso mais harmônico e a impressão de que seus dentes “aumentaram”.

Restauração Radicular em Resina

Esta situação tem ocorrido com muita freqüência. Esta depressão, por vezes bem discreta outras bastante acentuada, é o que ocorre quando a gengiva retraí e expõe  a parte do dente chamada de raiz . Esta região não é protegida por esmalte e por isso é uma área bastante porosa que por muitas vezes é responsável pela sensibilidade dentinária, bem como esta muito suscetível a ocorrência de cárie.

14

Uma alternativa muito usada e de um excelente resultado é o recobrimento desta área com resina composta, o que traz ao paciente muito conforto, pois diminui a sensibilidade com alimentos frios, ácidos e açucarados; cessam os acúmulos de alimentos nesta região; promove uma melhor higienização e preserva a saúde da gengiva logo abaixo desta retração.

Procedimento este, muito conservador pois não se desgasta nada do dente. Realizado numa única sessão onde se faz uma restauração nesta região usando resina composta. Como opção de cor para esta restauração, pode-se utilizar exatamente a cor do dente ou uma resina especial da mesma cor da gengiva.*

* resina composta gengival= muito usada naqueles casos onde o paciente possui muita retração e ao sorrir, passa a impressão de que seu dente é “enorme”, o que compromete a estética do seu sorriso.

Toxina Botulínica -BOTOX- uso terapêutico

A toxina botulínica, quem diria, pode fazer mais do que esticar rugas e minimizar marcas de expressão.

Nos consultórios dentários, ela já é aplicada para controlar dores e disfunções na mandíbula, além de corrigir sorrisos em que a gengiva aparece mais do que deveria.

Como tem o efeito de paralisar músculos, o botox, como é mais conhecido, reduz inflamações e pode melhorar a estética.

A utilização dessa toxina purificada em procedimentos cosméticos foi aprovada pela ANVISA no Brasil em 2000 e nos EUA, pela FDA, em 2002. Usada há pelo menos 20 anos no tratamento das doenças caracterizadas pelo excesso de contração muscular, como bruxismo, a toxina botulínica atua nos nervos. Quando injetada em músculos, bloqueia a liberação da substância responsável pela contração.

A diminuição da dor é um reflexo do relaxamento muscular. Medicamentos anti-inflamatórios ou relaxantes musculares usados para eliminar dores de DTMs(Disfunções Temporo-Mandibulares) não têm ação específica nos músculos mastigatórios como a toxina botulínica e apresentam efeitos colaterais indesejados.

O efeito da toxina se inicia em torno de uma semana após a aplicação e promove relaxamento do músculo e diminuição da contração excessiva por um período de quatro a seis meses. Ou seja, as injeções de botox têm de ser reaplicadas nos músculos mastigatórios para continuar gerando relaxamento e reduzindo a dor.

O paciente não fica com assimetria facial ou com dificuldade de falar ou abrir a boca. Essa terapia é contra-indicada a gestantes ou mães em fase de amamentação e a pessoas que tenham alergia `a proteína do ovo.

Para melhor compreensão citamos algumas situações em que a toxina pode ser administrada com excelentes resultados:

• Disfunções e dores na articulação têmporo-mandibular;

• Apertamento dental;

• Bruxismo (ranger de dentes);

• Dores de cabeça de origem dentária (parafunção);

• Enxaquecas crônicas;

• Sorriso gengival (exposição excessiva da gengiva).

Vamos descrever cada caso:

• Disfunções articulares= quantos já não buscaram uma consulta com o cirurgião dentista por sentir uma dor na articulação que fica próxima ao ouvido, ou por ouvir algum estalo ou desconforto durante a mastigação?

A toxina é um meio auxiliar com fins terapêuticos e resultado satisfatório nestes casos e na maioria das vezes dispensa o uso da placa de relaxamento para dormir.

• Bruxismo e apertamento dental= quem não passa por estresse no seu dia a dia?

Grande parte das pessoas erroneamente descarrega sua tensão através dessas duas atividades que causam grandes prejuízos dentários, musculares e ósseos. A toxina tem uma importante ação para bloqueio dessa tensão muscular.

• Dores/Enxaquecas= a toxina age diminuindo a hiperatividade muscular, reduzindo a contração inconsciente que gera dor.

• Sorriso gengival= isso ocorre quando no momento do sorriso você demonstra mais de 3mm de gengiva. Esta exposição excessiva da gengiva se chama sorriso gengival e traz um grande desconforto estético para quem o possui.

A toxina controla a quantidade que o lábio sobe durante o sorriso trazendo suavidade e delicadeza ao sorriso.

A aplicação é rápida e simples, desde que feita por um profissional capacitado para tal procedimento.

Bichectomia

Bichectomia é o nome dado à cirurgia para redução das bochechas, procurando afinar o rosto, dando um perfil mais harmônico e atraente para quem tem as bochechas grandes ou volumosas. Na cirurgia é retirado o tecido que dá volume às bochechas, a chamada bola ou Gordura de Bichat.
A bichectomia é a solução para muitos pacientes que sempre tiveram preocupação as bochechas grandes – e jamais sonharam que poderiam atenuar o seu problema.
Outra grande indicação é para aqueles pacientes que constantemente mordem suas bochechas, seja na mastigação ou mesmo durante o dia ou a noite, causando um grande desconforto ou até mesmo feridas na bochecha.
Razoes que levam as pessoas a buscar essa cirurgia=
  • Insatisfação com volume muito grande das bochechas (“bochechas muito cheias”)
  • Baixa auto estima e insegurança com a aparência do rosto
  • “Traços” do rosto muito grosseiros e falta de harmonia no rosto
  • Rosto muito grande ao sorrir
  • Falta de definição da linha da mandíbula
  • Rosto com volume aumentado mesmo perdendo peso (“emagreço, emagreço e as bochechas continuam grandes”)
  • Desejo de uma estética facial mais atraente
  • Mordidas frequentes nas bochechas, durante a mastigação
retirada da gordura das bochechas, faz com que a parte inferior ou baixa do rosto, fique mais fina, delicada e retangular – características típicas de um rosto atraente.
A retirada da Bola de Bichat, causa o que as mulheres chamam de “efeito blush”, ou seja, as “maçãs do rosto” parecem mais proeminentes e rosto mais fino.
A cirurgia que retira gordura das bochechas, é feita através de um pequeno corte na parte interna da boca (não há cicatrizes externas ou perceptíveis).
Através desse corte, é retirado o excesso da gordura de Bichat. A incisão é suturada com dois ou três pontos absorvíveis .

 A redução das bochechas pode alterar a “covinha” das bochechas?

Muitas pessoas não gostam do formato do rosto, porém têm medo de perder as “covinhas das bochechas” após a cirurgia. A “covinha” das bochechas é causada pela inserção dos músculos que fazem a mímica da boca, os quais não são alterados.
Sendo assim, se observarmos fotos de bichectomia antes e depois, vemos que não há alteração nas covinhas.
bichectomia não altera a “covinha” das bochechas!
A retirada da bola de Bichat quando feita de maneira correta e sem excessos não causa flacidez de pele. A gordura de Bichat não tem função de sustentação do rosto, sendo diferente da gordura que é perdida com o envelhecimento.
Por fim, a recuperação é muito tranquila. A paciente no dia seguinte volta a suas atividades normais, porem precisa ter alguns cuidados que serão  recomendados .

Antes e depois

Veja nossa galeria!

Veja as fotos

Entre em contato

Faça uma análise das suas necessidades.

Estamos aguardando seu contato.

Solicitar análise

Não imaginei que fosse possível não sentir dor no dentista. E mais… contar os dias para a próxima consulta.

—Joane P.

Dúvidas?

Tire suas dúvidas aqui mesmo no site ou entre em contato.

Dúvidas Frequentes